Solicite seu orçamento » (51) 3666.1362

Arcos do McDonald's viram sinalização de trânsito em campanha

15/03/2018

A Agência Cosette está testando os limites de reconhecimento da marca ao transformá-la em setas de trânsito em Toronto e arredores. 

 

A Agência Cosette (criadora dos outdoors do McDonald’s que mudam com a temperatura) está testando os limites de reconhecimento da marca ao transformá-la em setas de trânsito em Toronto e arredores. 

Embora essa nova “publicidade sinalizadora” ainda não tenha provado sua efetividade, ela já abalou o mundo criativo e tem tudo para se tornar uma tendência global!

 

Following The Arches

 

"Nossa campanha prova que, mesmo sendo super minimalista, traduzimos a marca numa escala nacional e global".
 Peter Ignazi, Chief Creative Officer da Cosette.

 

A ideia veio quando os designers notaram dezenas de outdoors horrorosos do McDonald’s pelo país, os quais são pouco convidativos, ineficientes e naaada criativos—tudo que uma marca gigantesca como o McDonald’s não deveria ter como cartão de visita.

A campanha Follow the Arches (Siga os Arcos) não só resolve esse problema criativo como traz um conceito tão inovador que pode facilmente ser adaptado a outros conceitos e até mesmo marcas, tendo potencial de virar tendência (ou até mesmo um novo padrão) de design.

Outro ponto interessante é que ela torna o restaurante acessível para todos, inclusive para quem não sabe ler*: placas como essas espalhadas em cidades, com um outdoor visto no vídeo, podem ser facilmente compreendidos por analfabetos (ainda mais se virar um padrão mundial, como as setas), o que faz dessa ideia especialmente útil para países subdesenvolvidos como o Brasil.

* Não, essa não é uma campanha focada em analfabetos. Só estou conjecturando.

 

“Na próxima saída.”
“Na próxima saída.”

 

 

Criativíssimo, Porém...

A ambição da Cosette de transformar isso numa campanha global é muito bacana, mas é importante notarmos os limites dessa publicidade:

A) A agência fez questão de aplicar a campanha apenas em Toronto pois sabe que ela pode ser um super case, ou um super fracasso.

B) A gente se impressiona só de ver, mas estamos enviesados: 1] você é um criativo, 2] vendo a notícia de uma fonte criativa e 3] lendo um título que entrega o tema. Nada disso ocorre no mundo físico, por isso é importante ter cuidado.

C) Isso tudo posto, será que essa placa vai ser útil para os milhões de turistas de Toronto ou quem vai usar mesmo vai ser o morador? (Que já sabe onde o Mc Fica.)

Essa campanha é linda, criativa e inspiradora, mas tenha o mesmo cuidado da Cosette antes de fazer jobs inspirados nela para evitar demissões nessa crise, hahaha!


 

Referência: Temporal Cerebral

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.